Trilha do Morro do Macaco
09 NOV

Trilha do Morro do Macaco

Moderada - Nível 4 Robson Fernando Duda @trilhasemsc Última atualização em 10/11/2020

Quando falamos em Bombinhas, com certeza um dos pontos turísticos que não pode ficar de fora é a Trilha do Morro do Macaco. Uma trilha com dificuldade moderada, trajeto bem demarcado e uma paisagem de tirar o fôlego. Localizada no Canto Grande, ela deve estar no roteiro de quem visita Bombinhas e também não poderia faltar em nossas aventuras. Quer saber um pouco mais sobre ela? Acompanhe nosso relato!

Visitamos a trilha em novembro de 2020, depois de já ter visitado ela anos anteriores. Nesse meio tempo, o que mais chamou a atenção foi a construção do Pórtico de Entrada, uma estrutura muito boa para quem chega no início da trilha. Ali é possível buscar informações sobre a trilha, bebedouros e também banheiros limpos, além de ter espaço para descanso e lanche. Segundo informações do site da prefeitura, esse espaço foi inaugurado em agosto de 2020 com o objetivo de trazer mais conforto e segurança para os turistas que buscam pela trilha. Logo na entrada é possível ter acesso as informações das trilhas que iniciam ali. Isso mesmo, trilhas! Além do espaço dar acesso para esse famoso cartão postal que é o Morro do Macaco, ele também serve como acesso para a Trilha da Tainha.

Na parte superior, existem bancos e espaços com sombras para o conforto de quem chega ali e principalmente para quem está retornando, depois de vencer o morro.

O acesso a trilha se dá por essa escada de madeira localizada no fundo do pórtico, sendo que esse início é compartilhado pelas duas trilhas que iniciam ali.

Após subir a escada, será possível ver a entrada individual das duas trilhas. A Trilha da Tainha segue pela direita margeando o costão e a do Morro do Macaco segue pela esquerda morro acima. Como pode ser visto na foto, a entrada é bem sinalizada e não deixa dúvidas para o trilheiro.

Podemos notar logo no início da trilha que o trajeto será morro acima! Em alguns pontos mais íngremes e de difícil acesso, existem degraus que foram colocados na trilha para facilitar o trajeto.

Já nesse ponto, olhando um pouco para o lado direito, antes de adentrar na trilha, é possível ter acesso a um pequeno mirante de pedras que tem uma visão muito bonita da Praia do Canto Grande de Dentro, com seus barcos, mar azul e areia branquinha.

Como a trilha é muito procurada, ela é bem demarcada e possui vários avisos pelo caminho, alertando sobre os cuidados necessários no trajeto. Infelizmente ainda é preciso lembrar do óbvio, por isso existem avisos sobre o descarte do lixo no trajeto da trilha.

Também existem placas amigáveis, indicando os pontos de sombra e descanso pelo meio do caminho. Nesse sentido, mais ou menos a metade da trilha de localiza na sombra, sendo protegido por árvores de grande e médio porte, até chegar na parte mais acima, onde a vegetação diminui e o sol predomina. Lembre-se do protetor solar!

Mais ou menos na metade da trilha temos acesso ao primeiro mirante, o Mirante da Ilhota! Dele é possível ver parte da Praia do Canto Grande e também a Praia da Conceição.

A foto abaixo é uma das paisagens visíveis desse ponto da trilha. Como também tem sombra no local, é um bom ponto para descansar um pouco e se preparar para a subida da parte mais cansativa da trilha, onde o trajeto é mais íngreme e com pouca sombra.

A parte final da trilha exige um pouco mais, mas com calma e cuidado, logo chega-se ao tão desejado ponto final, de onde se tem uma das mais belas vistas de Bombinhas. 

A formação geográfica do local forma uma paisagem única, onde, na mesma foto, é possível ver os dois lados das praias do Canto Grande: Canto Grande de Dentro e Canto Grande de Fora.

No topo, existem diferentes pontos de onde é possível fazer belas fotos e admirar a paisagem. Existem mirantes naturais de pedra que dão visão a diferentes ângulos das praias. Lembre-se sempre de ter atenção ao fotografar, pois as pedras podem ser escorregadias e se soltar, seja sempre cuidadoso.

Para finalizar, alertamos sobre o fato de não existir pontos de hidratação pelo caminho, portando, leve sua água! Lembra-se também do protetor solar e um lanche, para se recuperar do esforço da subida. Ao fazer a trilha, procure estar com um tênis adequado e seja cuidadoso com o caminho, pois na parte mais alta da trilha, a terra grossa e solta pode causar tombos. Seguindo essas orientações, sua trilha será tranquila. Aproveite a vista, tire fotos e não deixe de fazer o principal, aproveitar ao máximo o contato com a natureza.

Trilha do Morro do Macaco

Percurso: 2800 metros (ida e volta)

Tempo do percurso: 1 hora e 40 minutos

Bombinhas

 

 

Grau de dificuldade

Grau de dificuldade da trilha Moderada

Moderada - Nível 4

Saiba mais sobre o grau de dificuldade

Powered by Wikiloc