Trilha das Paleotocas de Três Barras
06 SEP

Trilha das Paleotocas de Três Barras (Furnas dos Índios Xoclengs)

Leve - Nível 2 Rafael de Moraes Costa @trilhasemsc Última atualização em 07/09/2021

As paleotocas da comunidade de Três Barras ou Furnas dos Índios Xoclengs são estruturas escavadas por animais mamíferos gigantes de mais de 10 mil anos. Nos mais de 140 metros de galerias subterrâneas é possível encontrar marcas das garras desses animais. Posteriormente essas galerias foram utilizadas como abrigo pelos Índios Xoclengs.

Para chegar é até o íncio da trilha é preciso ir até a cidade de Morro Grande, que fica localizada no Sul de Santa Catarina. Iniciamos nossa aventura no final da rua da Igreja São Sebastião - Três Barras.

Deixamos o carro após a placa da imagem a baixo e seguimos a pé pela direita, conforme a indicação da placa, atravessando a ponte de concreto.

Placa indicativa na chegada da Trilha das Paleotocas de Três Barras

Ponte de Concreto na Trilha das Paleotocas de Três Barras

A maior parte da trilha é possível ser feita de carro, porém é estrada de chão com muitas pedras no caminho e em alguns momentos é preciso atravessar rio e riachos. Então, caso você não disponha de um carro alto, tipo caminhonete, aconselhamos ir a pé. 

Na primeira bifurcação é possível seguir pelos dois caminhos, porém escolhemos o caminho da direita por ter menos pedras.

Primeira Bifurcação na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Seguindo em frente, na segunda bifucação o caminho se ser seguido é pela esquerda.

Segunda Bifurcação na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Seguindo nosso caminho, em alguns momentos iremos atravessar por dentro do rio, porém nesse dia estávamos passando por um grande período de seca, e não havia àgua em muitos pontos.

Atravessando o Rio na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Mais a frente do caminho há uma terceira bifurcação onde é preciso seguir pela esquerda novamente.

Terceira Bifurcação na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Duranta a trilha conseguimos apreciar algumas paisagens, como a dessa formação rochosa. 

Formação Rochosa na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Após esse trecho não tem mais mistério, é só seguir em frente até encontra a seguinte a placa a baixo, nesse caso como o destino são as paleotocas seguiremos pelo lado direito. 

Placa Indicativa Queda do Risco e Paleotocas na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Já estamos chegando quase no destino, é preciso andar mais uns metros até encontrar a placa de boas vindas juntamente com um escadaria que nos levará até as paleotocas. 

Portal na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Escadaria na Trilha das Paleotocas de Três Barras

No local há alguns banners explicando a origem das estruturas e quais o possíveis animais foram responsáveis por elas.

Banner na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Existem muitas tocas no local, porém a principal delas é da seguinte imagem:

Toca Principal na Trilha das Paleotocas de Três Barras

A partir dessa toca é possível ter acesso a uma galeria, é um local muito legal para registrar belas fotos. É interessante levar uma lanterna para atravessa-lá, a baixo fotos do percurso dessa toca.

Toca na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Galeria de tocas na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Galeria de tocas na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Outros exemplos de toca que encontramos nesse lugar:

Toca na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Toca na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Toca na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Para finalizar o passeio, fazendo uma pequena escalada, é possível ter acesso ao topo do morro.

Vista panorâmica do topo na Trilha das Paleotocas de Três Barras

Trilha das Paleotocas de Três Barras (Furnas dos Índios Xoclengs)

Percurso: 3000 metros (ida)

Tempo do percurso: 1hr30min

Morro Grande

Grau de dificuldade

Grau de dificuldade da trilha Leve

Leve - Nível 2

Saiba mais sobre o grau de dificuldade