Caminho da Gurita
03 JAN

Caminho da Gurita

Moderada - Nível 4 Robson Fernando Duda @trilhasemsc Última atualização em 04/01/2022

Esqueça tudo que você já viveu nas trilhas de Florianópolis e aproveite um passeio inusitado pela belíssima e preservada Lagoa do Peri. Não se trata apenas de uma trilha, mas de uma imersão em meio a natureza que inclui caminhada, banho de cachoeira e um passeio de caiaque inesquecível.

Não, você não leu errado. Essa é uma trilha onde você inicia caminhando e finaliza remando. Claro, esse trajeto não é obrigatório, mas é extremamente recomendado. Bem, mas vamos por partes, para que você entenda do que estamos falando. 

Toda trilha tem um destino e essa tem como objetivo chegar na Cachoeira da Gurita. Ela pode ser acessada de duas formas. Tanto pelo Sertão do Ribeirão, quanto pela Lagoa do Peri, tendo como início o bairro da Armação. O caminho pelo Sertão nós já fizemos e detalhamos aqui

Diferente do caminho feito pelo Sertão do Ribeirão, que é curto (cerca de 1200 metros), o caminho pela Lagoa do Peri é mais longo, totalizando quase 4km. Mas não se assuste com o tamanho do percurso, pois a caminhada é muito tranquila. 

Para chegar ao início da trilha, siga até o final da Rua Euclides João Alves. Ela é uma pequena rua de areia, que se tem acesso depois de deixar a SC-406, um pouco adiante da entrada do Projeto Lontra. Na verdade, pode usar o projeto como ponto de referência, sendo que quase no final do percurso, deve-se virar a esquerda e seguir até o final da pequena rua de areia. 

Não existe estacionamento no local, mas na pequena rua existem alguns espaços com recuo onde é possível deixar o carro. Após estacionar, é só seguir em frente pela pequena estrada para iniciar a trilha. O local é indicado por uma placa com as informações do trajeto e identificação da trilha.

A caminhada, apesar de longa, é muito tranquila e agradável. Os pontos mais difíceis são os locais onde existem muitas raízes e também a parte final da trilha, onde é preciso caminhar sobre algumas pedras, mas nada extremamente difícil ou técnico.

Caminho trilha - Caminho da Gurita

Seguindo sempre em frente, logo chega-se até uma bifurcação, que indica o caminho até a cachoeira ou o desvio até o porto. Sobre o porto falaremos mais tarde. 

Acesso cachoeira - Caminho da Gurita

A cachoeira no final do caminho não é gigante e não reserva grandes surpresas, mas é excelente para um banho e uma relaxante massagem nas águas que caem pelas pedras. 

Cachoeira da Gurita

Após finalizar a caminhada e tomar seu banho, vem a necessidade de retorno. E é aí que as coisas ficam interessantes. Pode-se, certamente, voltar caminhando, mas com certeza o mais incrível é voltar de canoa ou caiaque.

Ao lado da cachoeira existe uma antiga casa, habitada por dois simpáticos irmãos: Osni e Israel. Os dois são a simpatia em pessoa e oferecem a possibilidade de retorno pelas águas da Lagoa do Peri. Quando fomos, o valor cobrado foi de R$ 50,00 por pessoa. E eu garanto, valeu cada centavo. 

Seguimos até o porto para iniciar a remada. O porto é uma pequena entrada no rio que dá acesso à Lagoa do Peri. Esse início de remada é incrível, pois passamos por um rio pequeno e sinuoso, cheio de árvores e bromélias pelo caminho. 

Riacho acesso Peri - Caminho da Gurita

Depois desse ponto finalmente chegamos até a imensidão do Peri e iniciamos a remada na lagoa. É tudo muito emocionalmente, pois mesmo quem está acostumado com o caiaque, sentirá algo de incrível em remar naquelas águas. 

Posso parecer empolgado, mas realmente essa sensação de remar ali no Peri é sem igual. E olha que ainda tem mais. Em um determinado ponto da remada, já próximo ao teŕmino dela, temos uma agradável surpresa. Israel teve o cuidado de colocar uma enorme corda em uma das árvores existentes no caminho e fazer uma espécie de “cipó do Tarzan”, que cai dentro da água. É um banho sem igual! 

Balanço - Caminho da Gurita

Se você chegou até aqui e ainda não se convenceu de como a aventura é incrível e acha que falta algo, certamente isso será preenchido pelas conversas e histórias contadas pelos nossos anfitriões do passeio de volta. Todo o cuidado com a Lagoa do Peri, conhecimento da região e detalhes que certamente passariam despercebidos, são repassados por eles com atenção e cuidado. Lugares como a Pedra da tartaruga, onde da água é possível ver a silhueta de uma tartaruga desenhada nas rochas. 

Pedra da Tartaruga - Caminho da Gurita

Finalizando o passeio, temos a impressão que não estávamos em Florianópolis, mas fomos transportados para um local fora dali, longe de tudo. Apesar das belas praias e paisagens existentes na Ilha, essa imersão no Peri reserva uma experiência única e muito agradável.

 

Caminho da Gurita

Percurso: 3527 metros (ida)

Tempo do percurso: 2 horas

Florianópolis

 

Grau de dificuldade

Grau de dificuldade da trilha Moderada

Moderada - Nível 4

Saiba mais sobre o grau de dificuldade

Powered by Wikiloc